Veja quando as palhetas do para-brisa devem ser trocadas

85
Imagem Divulgação

Seja em época de chuva ou de tempo seco, o para-brisa é um item que requer atenção especial. Afinal, se não tiver visão perfeita do que acontece à sua volta, o motorista fica sujeito a cometer infrações e até causar acidentes. Segundo especialistas, os sinais de que algo não está bem podem ser vistos e ouvidos.

Palhetas devem ser trocadas uma vez por ano, no mínimo, de acordo com especialistas (Foto: Jornal do Carro)
As palhetas têm de ser trocadas uma vez por ano. “Quando a borracha não desliza direito, deixa filetes d?água ou faz barulho, é sinal de que chegou a hora de substituí-la”, diz o diretor do Sindirepa, o sindicato das reparadoras, Silvio Rivarolla.

Se esses problemas continuarem após a troca, a origem pode estar no acúmulo de poluição. Chuva ácida e uso de aditivos na lavagem do carro e água do reservatório contaminada são as causas mais comuns. “Pode se formar uma espécie de crosta invisível no vidro.” Rivarolla condena as palhetas de silicone. “Só se devem instalar peças recomendadas pela fabricante do veículo.”

Também não se deve colocar detergente comum no tanquinho do sistema. Há produtos específicos para essa finalidade. Uma alternativa para aumentar a durabilidade das peças é o chamado cristalizador de para-brisas. Trata-se de um tipo de repelente de água que, durante garoa e chuviscos, pode até dispensar o uso do limpador.

“No período chuvoso, deve-se aplicá-lo a cada duas semanas”, diz o técnico de desenvolvimento de produtos da Wurth, Luiz Fernando de Laurentis. Ele afirma que no período mais seco, a aplicação pode ser feita a cada três meses. “A eficácia do produto depende da intensidade da chuva. Se for um daqueles temporais de verão, não deixe o limpador desligado”, conta.

PREÇOS – Os preços médios das palhetas (par dianteiro) na capital vão de R$ 18,93 a R$ 176. Os cristalizadores custam entre R$ 8 e R$ 30.

Na Auto Mecânica Scopino (3955-2086), na zona norte, é possível alinhar a haste da palheta, para eliminar as vibrações. O serviço, feito em cerca de cinco minutos, é grátis. Na concessionária Volkswagen Amazon (3019-4000), na zona leste, o kit de palhetas dianteiras para um Gol G5 sai por R$ 68. Já a unidade para o vidro traseiro custa R$ 24.

Via: Zapcarros