Veja dicas para conservar alguns equipamentos do carro

166

Está chegando a hora de ir para estrada e, além de fazer a revisão do carro, é preciso saber conduzi-lo, muitos motoristas judiam de seus veículos sem saber. Utilizam o carro de forma errada e acabam por diminuir a vida útil de vários componentes, alguns vícios como apoiar o pé no pedal da embreagem são velhos conhecidos, mas estes que relacionei a maioria dos motoristas desconhece.

1) Vamos falar primeiro do câmbio automático, algumas pessoas descem a serra com o câmbio automático na posição N (neutro), em breve seu câmbio necessitará de manutenção, pois na posição N (neutro) a bomba de lubrificação interna da maioria dos câmbios automáticos não funciona, fato que provocara um desgaste prematuro nas peças internas da transmissão. A posição N apenas deve ser utilizada com o carro parado ou para pequenos deslocamentos.

Imagem Divulgação

Especialista dá dicas de como utilizar o câmbio automático de forma correta

2)
Outro hábito prejudicial no câmbio automático é parar o carro, colocar na posição P (Parking) e depois puxar o freio de mão. O correto é parar o veículo, colocar a alavanca na posição N (neutro), puxar o freio de mão e depois colocar a alavanca na posição P (parking). O objetivo deste procedimento é evitar que o peso do carro fique sobre o câmbio do veiculo, principalmente quando estacionar em ruas íngremes.

3) Este erro tenho a certeza que você já cometeu, ligar o ar-condicionado na estrada ou em avenidas em alta velocidade. Quando você esta em uma velocidade acima de 90 km/h o motor do seu carro estará com uma rotação próxima de 2.000 giros por minuto e o compressor do ar-condicionado estará parado, no momento em que você liga o ar-condicionado, o compressor passa de zero a 2.000 rpm em uma fração de segundos, o que causa um dano irreversível , chamado calço hidráulico do compressor.

4) Se seu carro possui direção hidráulica, não esterce o volante com o carro parado ou colado na guia. O sistema não permite ao motorista saber a verdadeira dimensão da força que o equipamento está fazendo para esterçar a roda. Este esforço excessivo acaba por provocar vazamentos na caixa e na bomba da direção hidráulica.

5) Se você possui um carro com câmbio mecânico, desça a serra engrenado, apesar da rotação do motor subir, a injeção eletrônica corta a alimentação dos bicos injetores quando você tira o pé do acelerador. Sendo mais objetivo, o consumo de combustível será igual ao de um carro na “banguela”.

Ficou com dúvida ou quer dar alguma sugestão. Envie e-mail para: chevyautocenter@yahoo.com.br

*É engenheiro mecânico e colunista do ZAP Carro

Via: ZAP Carros