UnG oferece tratamento gratuito a crianças e adultos acima do peso

21

Programas utilizam método “Pense Magro” para estimular hábitos alimentares saudáveis. Encontros acontecem em Guarulhos, Itaquá e Arujá

Imagem Divulgação

Problema típico das grandes sociedades, a obesidade, responsável por diversas patologias e cifras preocupantes, é o alvo do Goam (Grupo Obesidade Atendimento Multidisciplinar) e do Goami (Grupo Obesidade Atendimento Multidisciplinar Infantil), iniciativas da Universidade Guarulhos (UnG), na Grande São Paulo, que estão com as inscrições abertas.

Utilizando o método “Pense Magro”, os grupos têm atuação interdisciplinar, ou seja, os pacientes recebem atendimentos nas áreas de nutrição, psicologia, fisioterapia, educação física e enfermagem. “Seguimos um modelo cognitivo-comportamental. Nosso trabalho visa orientar para uma mudança de pensamento (o pensar magro) e comportamento. Isso ajuda a ter melhores respostas quanto à introdução de novos hábitos alimentares”, salienta o psicólogo José Cândido Cheque de Moraes, coordenador do Paddac (Programa de Ação Docente-Discente Assistencial Comunitário), idealizador do Goam e do Goami.

Pesquisa feita com 30 pacientes dos grupos mostra que a mudança de pensamento foi fundamental para a transformação do comportamento. “Quando se pensa gordo, há sempre desculpas para o consumo em excesso”, salienta Cheque.

Os programas têm uma dinâmica simples, mas extremamente eficaz: uma vez por semana, durante três meses, os pacientes se reúnem e, com o respaldo de profissionais e estudantes, aprendem a escolher melhor os alimentos e descobrem se o aumento de peso está atrelado a algum problema de origem psicológica ou congênita. Para quem não emagrecer ou se sentir inseguro tem a opção de seguir o tratamento no grupo de manutenção, também gratuito.

Os interessados em se inscrever ou fazer o mesmo pelo filho podem ligar para o telefone (11) 2464-1737, das 8h às 13h; ou enviar e-mail com nome completo, telefone de contato, peso e altura para o endereço paddac@ung.br.

A data limite é 12 de março. O único pré-requisito é estar acima do peso.

O Goami é voltado a crianças entre 07 e 10 anos de idade. Os encontros acontecem apenas da Unidade Guarulhos-Centro. Já o Goam tem inscrições abertas para atividades em Guarulhos, Itaquá e Arujá.

FONTE: Assessoria de Comunicação – UnG