Massagem com Bambus: além de deliciosa é totalmente relaxante

193
Imagem Divulgação

Toda massagem é sempre bem vinda e quando associada aos elementos da natureza expressam uma harmonia totalmente diferenciada com a sensação de bem estar e renovação energética ainda mais evidente.

Conhecida também como bambuterapia, esta técnica de massagem é originária da França, criada pelo fisioterapeuta Gill Amsallem em meados de 2003 chegando ao Brasil em 2006.

Técnica indicada especialmente para pessoas alérgicas a cremes, óleos ou fragrâncias específicas.
O bambu é considerado uma planta sagrada, em alguns lugares acredita-se que sejam capazes de filtrar e renovar as energias. Tem sido utilizada como alternativa estética moderna associada à saúde e ao bem-estar.

As varas de bambu agem como se fossem o prolongamento dos dedos e, portanto, possibilitam alcançar todas as regiões do corpo. Adaptam-se aos contornos corporais, promovendo uma modelagem eficaz e um relaxamento profundo, pois aliviam tensões musculares.

Na bambuterapia, as varas de bambu são os instrumentos do massoterapeuta e funcionam como se fossem o prolongamento dos dedos, já que possibilitam o alcance de todas as regiões do corpo. Como se adaptam aos contornos corporais promove uma modelagem mais eficaz, pois os movimentos são uniformes e proporcionam relaxamento profundo e alívio das tensões musculares.

A técnica é realizada com bambus de diferentes tamanhos e espessuras e pode se basear em fundamentos do shiatsu (pontos de acupuntura), medicina ayurvédica, isometria e drenagem linfática sendo aplicada em todo o corpo, inclusive face e cabeça, pois funciona como redutor de marcas de expressão já que atua na renovação celular.

Como todo tratamento requer a análise da ficha de anamnese, uma vez que o bambu apresenta as mesmas contra indicações da massagem relaxante, modeladora e da drenagem linfática manual.

Drenante porque a manobra realizada com o bambu é sempre no sentido linfático e redutor de gordura localizada através de manobras de pinçamento com o bambu.

A massagem pode ser realizada 02 ou 03 vezes por semana, com a duração de aproximadamente 01 hora.

E como principais objetivos a técnica favorece:

  •  Auxilio na eliminação de toxinas;
  •  Estimula a tonificação muscular;
  •  Melhora a oxigenação e nutrição celular;
  •  Melhorar o aspecto da celulite, flacidez e gordura localizada;
  •  Diminui edemas, promovendo uma melhora na circulação;
  •  Promove relaxamento e bem estar;

Fica a Dica por Drª Keni Rodrigues – Fisioterapeuta e Técnica em EstéticaKR Studioskeni.rodrigues@krstudios.com.br