Como arrumar malas, em 10 dicas simples

89

Arrumar a mala para viagens é sempre um desafio, mas com um pouco de planejamento e o aprendizado que nasce das experiências compartilhadas por viajantes do mundo todo, pode ficar bem mais fácil!

Preparei 10 dicas efetivas para arrumar sua próxima mala para que fique mais leve e sobre espaço para trazer as lembranças na volta

Na semana passada tive oportunidade de ajudar (pelo @efetividadeblog) uma mãe a arrumar as malas de uma viagem de 10 dias para a família inteira, e o fiz em menos de 140 caracteres  A dica que transmiti a ela (sobre o que fazer em viagens acima de 1 semana) está incluída na lista a seguir!

Imagem Divulgação

Dividir para conquistar. Se for viajar acompanhado, prefira ter malas separadas por pessoa, mas divida um pequeno conjunto (bem escolhido) de roupas de cada viajante entre as malas dos demais. Assim, se uma das malas se extraviar ou atrasar, ninguém vai ficar completamente desguarnecido. Se for viajar sozinho, adapte a dica: tente levar uma muda das roupas essenciais na sua bagagem de mão.

Limite de prazo. O viajante previdente leva roupas suficientes para uma semana ou para a duração da viagem mais 2 dias, o que for mais curto. Nas viagens de mais de uma semana, geralmente vale a pena planejar usar os serviços das lavanderias do seu caminho. Além disso, se você escolher bem, várias peças de roupa podem ser lavadas no banheiro do hotel e secam no quarto – procure no supermercado ou em uma loja de conveniência por um detergente líquido para lavagem de roupas, e leve consigo um cordão resistente e alguns prendedores.

Identifique e preserve. Pode haver malas iguais à sua em cada esteira de aeroporto e saguão de hotel. Para casos de extravio ou confusão, identifique-a de forma clara e evidente, por dentro e por fora, com seu telefone, pessoa de contato em casa, nome do hotel em que vai se hospedar no próximo destino e período. Coloque um item de cor vibrante (por exemplo, uma fita ou adesivo) preso nas alças para chamar a atenção na hora em que alguém esteja prestes a pegá-la por engano na esteira.

Nada de sapato novo na bagagem! Quem viaja sempre pode ter de caminhar mais do que planejou, e vai valorizar um sapato confortável, já amaciado. E vale a pena levar meias extras, para não ter de terminar um dia com meias molhadas após uma chuva inesperada!

Casacos divididos. Se for para um lugar um pouco mais frio, não leve o casaco mais pesado do seu guarda-roupa. No lugar dele, leve 2 casacos, um mais fino e outro um pouco mais pesado, que você possa usar separadamente (escolhendo o melhor para a temperatura de cada dia) ou em conjunto quando o frio realmente “pegar”.

Registre o recheio. Faça uma lista e tire uma foto do conteúdo da mala, para facilitar a conferência na hora de arrumá-la para a volta, para ajudar a compor o álbum da viagem (se for turismo) e para ajudar a documentar a reclamação em caso de extravio. E se você guardá-las, a lista e a foto podem ajudar na hora de arrumar a mala da sua próxima viagem!

Não despache o que não deve. Aparelhos eletrônicos e objetos sensíveis devem ir todos na bagagem de mão, exceto se o regulamento não permitir. Mas verifique antes as normas aplicáveis a todos os trechos dos vôos, porque se você tentar embarcar com algum item restrito, o responsável pela inspeção geralmente dá 2 opções: abandonar o objeto irregular, ou sair da fila e ir até o balcão da companhia para despachar.

Imagem Divulgação

Planeje para o transporte. Atenção para o peso da bagagem, para a segurança dos fechos dela, e para a possibilidade de abrir e fechar a mala a qualquer momento sem traumas. Você vai carregá-la para cima e para baixo (sem recorrer a rodinhas, no caso das escadas e das calçadas menos regulares), e terá que lidar com o problema caso o zíper arrebente ou trave, ou se algum órgão de fiscalização resolver abri-la na sua presença.

Não exagere na lotação da mala. As companhias aéreas podem cobrar o sobrepeso, o zíper pode não aguentar, e você terá que fazer muito mais força. Se for essencial levar tudo o que você separou, mas não está cabendo na mala com facilidade, não use truques – repense o conteúdo (solução ideal), pegue uma mala maior, ou uma segunda mala.

Imagem Divulgação

A pequena checklist de malas de viagem do Efetividade.net: não esqueça de verificar se você vai precisar de: pilhas e carregadores para tudo o que for eletrônico, câmeras, cartões de memória, cabos, um baralho, um livro bom e leve, bloco e caneta, cartões de visitas, telefone celular, lanterna, canivete, informações sobre câmbio, hotel, passagens e aluguel de carro, documentos e cópias, dinheiro, ferro de passar e secador de cabelo (se você não vive sem), pente, escova de dentes, barbeador, desodorante, óculos escuros, capa de chuva ou guarda-chuva compactos, chaves, relógio com despertador, transformadores, adaptadores de tomadas, extensões, ferramentas, roupas de dormir, roupas para compromissos profissionais, roupas de baixo, roupas de lazer, roupas de frio, roupas de praia, calçados.

Via: Efetividade.Net