Hospital Pimentas-Bonsucesso amplia dependências e inaugura nova ala de maternidade

104
Foto: José Luiz/ PMG

A maternidade do Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso, um dos serviços mais esperados pela população daquela região, começou a funcionar nesta quarta-feira, dia 25. A nova ala, que integra o cronograma de obras da segunda fase do hospital, conta com quatro salas cirúrgicas e um total de 57 leitos, sendo 15 de UTI neonatal. A capacidade é para realizar uma média de 150 partos por mês.

Além do centro cirúrgico, passam a funcionar no primeiro andar do hospital os 12 leitos de recuperação pós-anestésico, 12 para o pré-parto e 15 da UTI neonatal, sendo cinco de alto risco. Já os 18 leitos de alojamento conjunto (pós-parto, no qual o bebê permanece junto da mãe) ficam instalados no quarto andar.
Com a inauguração, as moradoras da região não precisarão mais atravessar a cidade para dar à luz. A maternidade será referência para as gestantes que realizam o pré-natal nas unidades de saúde dos bairros Jardim Dona Luíza, Jardim Jacy, Parque Jurema, Conjunto Habitacional Marcos Freire, Jardim Normandia, Jardim Dinamarca, Jardim Nova Cidade, Parque Jandaia e Pimentas, que antes eram encaminhadas à Associação Beneficente Jesus José e Maria.

Foto: José Luiz/ PMG

Ampliação

Ainda dentro do cronograma de obras da segunda fase do Hospital está prevista a inauguração da ala de traumas e cirurgias eletivas, além do setor de psiquiatria, que serão entregues de forma escalonada, respectivamente, nos meses de novembro e dezembro deste ano. Com isso, o número de leitos será ampliado em mais 29, chegando até o final do ano a cerca de 130.

Concebido para ser entregue em três etapas, o Hospital Municipal Pimentas Bonsucesso realiza atualmente uma média de 15 mil atendimentos mensais no pronto-socorro, cinco mil consultas no setor ambulatorial, além de 2.500 internações por ano e 87 mil exames.

O hospital oferece assistência nas especialidades de cardiologia, cirurgia vascular, endocrinologia, ortopedia, fisiatria, gastroenterologia, neurologia adulto e infantil, otorrinolaringologia, nutrição, psicologia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, fisioterapia, acupuntura, nutrologia, pediatria, além da farmácia, do ambulatório da dor e práticas de tai chi chuan.

FONTE: PMG