Aeroporto de Guarulhos é o primeiro a receber certificação na América do Sul

109
Infraero
Imagem Divulgação

O Aeroporto Internacional de Guarulhos/Gov. André Franco Montoro (SP) recebeu nesta terça-feira (21/6) o Certificado Operacional de Aeroporto, em caráter definitivo, o que representa que a infraestrutura e os procedimentos operacionais adotados pela Infraero atendem aos requisitos estruturais e de segurança operacional da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e da Organização da Aviação Civil Internacional (Oaci).

Com a certificação, o Aeroporto de Guarulhos se torna o primeiro da América do Sul a atender aos requisitos estabelecidos pela Oaci. O trabalho é resultado de uma série de inspeções realizadas pela agência reguladora em Terminais que movimentam mais de um milhão de passageiros. Essas vistorias verificam o planejamento do aeroporto, sua estrutura administrativa, além das instalações de infraestrutura, como as de abastecimento e movimentação de aeronaves, bem como os procedimentos de prevenção, salvamento e combate a incêndio.

Em Guarulhos, o processo foi iniciado em 2009, após a publicação do Regulamento Brasileiro de Aviação Civil (RBAC) nº 139, ocorrida no mesmo ano e que fixa um prazo de 24 meses para que os aeroportos concluam os trabalhos de certificação.

Segundo o diretor de Operações da Infraero, João Márcio Jordão, a certificação do Aeroporto de Guarulhos representa muito para a empresa e o sistema de transporte aéreo, pois insere o Brasil na relação de países com aeroportos de elevado grau de segurança operacional. “A Infraero desponta no cenário internacional exibindo seu compromisso permanente de realizar a gestão aeroportuária com muito profissionalismo e comprometimento, atendendo às determinações exigidas pelos órgãos internacionais”, disse.

Em discurso, o diretor de Infraestrutura Aeroportuária da Anac, Rubens Vieira, destacou que a certificação reforçará a credibilidade do sistema aeroportuário brasileiro. “Os usuários saberão que estão utilizando um sistema seguro e profissional, no qual eles podem confiar”, afirmou.

Trabalho em equipe

Para o superintendente do Aeroporto Internacional de Guarulhos, Antonio Montano, a conquista do certificado somente foi possível com o empenho dos profissionais em manter a operacionalidade do aeroporto dentro dos requisitos. “Desde o início dos trabalhos já contávamos com a participação e o envolvimento dos empregados, principalmente nas áreas de Segurança Operacional, Operações e Manutenção. E o trabalho não para, já que é preciso manter o nível de excelência conquistado”, disse.

Novos aeroportos na lista de certificação

Além do aeroporto de Guarulhos, outros 19 aeroportos administrados pela Infraero já solicitaram Certificado Operacional à Anac: Belém (PA), Manaus (AM), Fortaleza (CE), Natal (RN), Recife (PE), Maceió (AL), Salvador (BA), Vitória (ES), Confins (MG), Santos Dumont (RJ), Galeão (RJ), Congonhas (SP), Viracopos (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Goiânia (GO) e Cuiabá (MT). Outros três aeroportos da Rede deverão solicitar formalmente o início do processo de certificação até o final de 2011: São Luís (MA), Campo Grande (MS) e Foz do Iguaçu (PR).

Fonte: Infraero