Quarto de criança organizado

887
Imagem Divulgação

QUARTO DE CRIANÇA ORGANIZADO
Seu filho adora uma farra? Acabe com os brinquedos espalhados pelo chão, as roupas amarrotadas no armário e os lápis jogados sobre a escrivaninha. Confira as dicas de arrumação e mude o espaço para melhor. Até o pequeno bagunceiro vai gostar do resultado.

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Fã dos desenhos feitos pelos filhos, a mãe Serena Carnevale encomendou a prateleira no alto para exibi-los. As “obras de arte” de Mattia e Paolo, 6 e 4 anos, são feitas na mesinha e os lápis ficam organizados em baldinhos com suporte

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

A moradora reservou parte do living para as crianças. “A sala do outro apartamento foi detonada”, diz Marcia, mãe de Theo, 9 anos, Cayo, 6, e Maitê, 3. O arquiteto Toninho Noronha organizou os brinquedos com a marcenaria. Há ainda um espaço de estudo

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

A escrivaninha de Gabriel, 8 anos, é também lugar de brincar. O tampo de vidro revela as gavetas com divisórias, perfeitas para guardar miudezas, como as peças de Lego. Prateleiras organizam objetos maiores. Projeto da arquiteta Leila Bittencourt

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Um móvel do tipo rack acomoda os brinquedos de Raul, 2 anos, filho de Graziella Mattar. As portas escondem a bagunça, enquanto em cima e embaixo algumas peças enfeitam o quarto. Os livros têm espaço especial ao lado

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Preservar o espaço livre e organizar os brinquedos foi o ponto de partida do arquiteto Rodrigo Martins. Leves e revestidas de fórmica por dentro para facilitar a limpeza, as caixas têm rodízios e podem ser movidas por Pedro, 5 anos, e Tomaz, 2

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Garimpado em antiquário, o guarda-roupa foi pintado e recebeu tecido. Nos cabides, ficam os vestidos de Maria Luiza e Gabriela, filhas gêmeas de Camila Salek. Como é tudo em dobro, o móvel é reservado ao vestuário. Brinquedos ocupam a parte de cima

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Para os livros, a arquiteta Olivia Messa criou um painel. Os brinquedos ficam em caixas, ao alcance do menino de 4 anos

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

A estante com nichos guarda todos os brinquedos, mas se esvazia facilmente: a escadinha de girafa dá uma mão e uns centímetros a mais, se for o caso. Cestinhos coloridos organizam as miudezas. Projeto do escritório Lovisaro Arquitetura e Design

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Roupas, brinquedos, três camas e dois meninos. Tudo isso tinha que caber no quarto de Bruno e Eduardo, 7 e 5 anos. O arquiteto Marcelo Rosset criou um nível superior com cama. Na lateral da escada, cujos degraus são gavetas, há o porta-livros

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

À entrada do quarto de Maitê, 6 anos, vê-se um grande espelho, que parece ampliar o espaço. Ao fundo, depois do armário, há uma penteadeira. O banco vazado cria espaço para guardar a roupa de cama. Projeto da arquiteta Fabiana Avanzi

 

Via: Revista Casa e Jardim