Programa une escolas particulares em Guarulhos

71
Imagem Divulgação

Iniciativa aproxima negócios de um mesmo setor com objetivo de melhorar a competitividade

Inadimplência, falta de pessoal qualificado, valor das mensalidades, busca por bons fornecedores, segurança. Essas são algumas das dificuldades que a maioria das escolas brasileiras enfrenta todos os dias na gestão do negócio. Em Guarulhos, na Grande São Paulo, um grupo de estabelecimentos de ensino particulares, que atendem a 3 mil crianças, se uniu para fazer frente a esses problemas e encontrar soluções criativas de gestão.

No início do ano, proprietários de nove escolas aderiram ao Empreender, programa do Sebrae em parceria com a Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), que aproxima negócios de um mesmo setor com a finalidade de trocar experiências e formar parcerias para fortalecer as micro e pequenas empresas.

O projeto é desenvolvido em Guarulhos pelo escritório regional do Sebrae e a Associação Comercial e Empresarial da cidade. Em cinco meses de trabalho, as empresas desenvolveram diversas ações para a melhoria do grupo, a partir da discussão de problemas comuns e busca de soluções conjuntas.

Entre elas, a produção de uma campanha de marketing nas principais revistas da região. “A dificuldade das escolas em anunciar individualmente era um tema recorrente. A propaganda conjunta reduziu os custos e permitiu uma visibilidade maior dos anúncios”, disse o gestor do programa Wagner Salgado Antico.

As instituições também estão realizando sistematicamente treinamentos de capacitação dos funcionários em vendas e atendimento. Um deles irá reunir neste sábado (4), no Colégio Novo Rumo, cerca de 40 pessoas de sete diferentes escolas. “Será uma oportunidade de aprendizado e troca de experiência entre os profissionais”, disse Maurício Berbel, gerente-administrativo e financeiro do colégio.

Ele ressalta também a importância do compartilhamento de informações sobre prestadores de serviços e fornecedores. “Recorro ao grupo quando preciso pintar uma quadra, consertar um bebedor ou comprar materiais. Essa troca permite a indicação de pessoas qualificadas”, destacou Berbel.

Outra ação que o grupo pretende realizar ainda em setembro deste ano é a contratação de palestrantes para realização de eventos com pais e alunos. “As escolas querem trazer uma profissional do mercado que possa abordar temas do interesse de seus clientes, mas muitas vezes esse profissional custa caro para um único colégio”, disse Wagner Antico.

A concorrência não assusta os participantes. Segundo Berbel, ela fortalece os diferenciais competitivos de cada escola. “Por isso, quanto mais escolas com o objetivo de atingir a excelência de ensino participarem do grupo, melhor”.

Serviço:

Agência Sebrae de Notícias: (61) 3243-7852/ 2107- 9104/ 3243-7851/ 9977-9529
Central de Relacionamento Sebrae: 0800 570 0800
www.agenciasebrae.com.br