Guarulhos lança projeto de formação para mestres de capoeira

276
Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Prefeitura lançou na última quarta-feira (27), o projeto de formação dos mestres de capoeira de Guarulhos: a Capoeira para o Bom Combate. O evento, parte das comemorações da Consciência Negra, aconteceu no Centro de Literatura Luis de Camões e contou com a entrega de certificados dos alunos/as de capoeira do projeto Xikelela, dos mestres Bicheiro e Chocolate. Para abrir o evento foi convidado o historiador e músico Salloma Salomão, que apresentou o show “Aurora Negra: batuques e cantos de força, fé e diminutas folias”, onde retomou as temáticas afro-brasileiras.

O Centro de Referência da Cultura Negra e Igualdade Racial Xikelela desenvolveu, em parceria com as Secretarias de Educação e Saúde, oficinas de Capoeira no Centro de Incentivo à Leitura Luis de Camões e na Academia de Saúde Cabuçu, bem como no Xikelela. No total, foram atendidas 5 turmas, envolvendo 272 alunos e alunas, durante o período de julho a novembro de 2013.


Patrimônio imaterial

O reconhecimento da capoeira como patrimônio imaterial aconteceu em 2008, pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), que delibera a respeito dos registros e tombamentos do patrimônio nacional.

Via: Prefeitura de Guarulhos