Equipe guarulhense traz medalhas do Mundial de Hapkidô

26
Imagem Divulgação

No último final de semana, entre os dias 12 e 13, aconteceu o 9º World Championship de Hapkido em Curitiba, no Ginásio Círculo Militar. A ‘Equipe Predadores de Artes Marciais de Combate’ contou com 11 participantes, que representaram Guarulhos na competição.

Os lutadores fizeram bonito: foram 14 medalhas, sendo 8 de ouro, 5 de prata e uma de bronze. Segundo o professor Marcos Piubelli, apesar de pequeno, o time de competidores guarulhenses é respeitado nos torneios que disputa. “Geralmente somos a equipe com o menor número de atletas, porém, nossa garra supera todas as dificuldades e sempre trazemos medalhas”, diz Piubelli.

De acordo com o professor, o Hapkidô é uma arte marcial coreana, criada especificamente para defesa pessoal. O aprendizado engloba também técnicas de chutes, torções, além do manuseio de armas diversas, tais como bastões, espadas, bengalas, facas e leques. “Somos capazes de escapar do chão, ou seja, conseguimos enfrentar os lutadores de Jiu-Jitsu de igual para igual”, afirma.

Trabalho social e aprimoramento pessoal

Imagem Divulgação

A intenção dos envolvidos na ‘Equipe Predadores’ é desenvolver um trabalho social, uma espécie de ONG, para trabalhar a arte marcial nos locais mais carentes da cidade. “Estamos em contato com a federação para saber todos os detalhes. Os documentos já estão bem encaminhados e, em breve, creio que vamos conseguir emplacar essa ideia”, garante Piubelli.

Valores morais, como educação e disciplina, fazem parte do treinamento nas aulas ministradas pelo professor Raul Esmério. Ele afirma que o aluno entra sem saber nada e, com o tempo, é incentivado a participar de campeonatos e representar a cidade. “Levamos os alunos para conhecer os torneios. Os adversários se enfrentam e, quando a luta se encerra, todos se abraçam e ali é formado um círculo de amizade”, explica Esmério.

Via: Guilherme Derrico