Inep abre concurso público para 140 vagas

136
Imagem Divulgação

Quem se interessa por carreiras de pesquisa e desenvolvimento de informações e avaliações educacionais ou de suporte técnico em informações educacionais pode ter, agora, uma nova chance de ingresso. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão vinculado ao Ministério da Educação e responsável pela aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), publicou o edital de um concurso público que visa o provimento imediato de 140 vagas no Distrito Federal.

Do total de ofertas, 40 são para técnico de informações educacionais, que exige nível médio, e 100 são para pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais, que requer nível superior.

O cargo de técnico se divide em duas especialidades: 1) direito e administração; 2) banco de dados e programação básica. Já a função de pesquisador se ramifica em quatro áreas de especialização:

1) legislação educacional, fundamentos da educação e pesquisa e avaliação educacional;

2) métodos quantitativos e pesquisa e avaliação educacional;

3) gestão de processos de negócio, modelagem de processo de negócio, sistemas de informação, sistemas de apoio e suporte à decisão e bussiness intelligence;

4) direito, administração e contabilidade.

As remunerações variam de acordo com o nível de formação (especialização, doutorado, mestrado) e o desempenho do aprovado, podendo chegar a R$ 3.253,81 para técnico e R$ 8.128,15 para pesquisador.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) foi contratado para organizar e promover a seleção, e receberá inscrições entre 15 de outubro e 12 de novembro, por meio de sua página na internet(www.ibfc.org.br), cobrando taxas de R$ 50 para técnico e de R$ 60 para pesquisador – a isenção do pagamento pode ser pleiteada por membros de famílias de baixa renda inscritos no CadÚnico, entre 15 e 18 de outubro, no site do IBFC.

Processo seletivo

Candidatos a técnico passarão por prova objetiva e redação, ao passo que os interessados na carreira de pesquisador serão submetidos à prova objetiva, prova discursiva e avaliação de títulos.

Com duração máxima de cinco horas, o exame objetivo será aplicado para todos os candidatos no dia 9 de dezembro, em Brasília (DF). Informações a respeito do horário e locais da prova serão disponibilizadas com seis dias de antecedência.

Via: Emprego Rápido