“O Mundo é um Manicômio” neste domingo (22) no Adamastor Centro

91
O mundo é um Manicômio
Imagem Divulgação

Após um prólogo com aplatéia, emoldurado por hilárias anedotas, Claudio Cunha e Grazzi Jepez, numa preliminar do que vai esta por vir, falam da mais profunda solicitação humana: o desejo de importância.

Segundo eles, todos nos, de alguma forma, sonhamos em serimportantes. Alguns chegam a loucura, que não deixa de ser uma forma de compensação, na insanidade o louco satisfaz seus anseios.

Na pele do Imperador Napoleão Bonaparte e Cleópatra, a Rainha do Egito, os atores traçam um perfil dessas notáveis figuras, lembrando de forma cômica, fatos e curiosidades da vida das ilustres personagens.

Em seguida, prometendo levar o público a umpasseio pelas varias facetas do humor: do “Valdeville” a “Chanchada”, daComédia Dell’Arte ao “Teatro do Absurdo”, da “Stravaganza” italiana ao “Besteirol”, a dupla apresenta o quadro “O Mundo é Um Manicômio.”

No quadro Claudio Cunha e Napoleão, um desempregado que ajudado por sua mulher Cleópatra, tenta dar seu golpe de mestre seqüestrando o cadáver de um milionário, impedindo o seu sepultamento. Na tentativa de receber o resgate a dupla de gatunos vai se complicando, súbito o inesperado.

Mais Informações (11) 2809-7729

Serviço

  • Data: 22 de maio de 2011
  • Horário: às 20h
  • Local: Adamastor Centro (Veja o endereço)
  • Valor: R$30,00 (inteira), R$ 15,00 (Meia para estudantes e 3ª Idade)