Banda Vento Terral traz seu soul para o centro de Guarulhos

156
Imagem Divulgação

Na quarta-feira, dia 25, às 12 horas, haverá apresentação da banda Vento Terral no calçadão da rua Dom Pedro, no centro da cidade. Promovida pela Secretaria de Cultura, a exibição integra o projeto Intervalo Musical.

Numa época em que a mídia dá tanta atenção a bandas de pop/rock independentes e a outros gêneros musicais muito populares como axé, pagode e sertanejo, é sempre bom lembrar que a soul music brasileira está entre as melhores feitas no mundo. O Brasil, um país tão rico em sua diversidade musical, mantém a tradição de produzir black music de alta qualidade.

Exemplo disso, é a  banda guarulhense Vento Terral formada por Rodrigo Alarcon (vocal), Zachi (guitarra), Mancini (violão), Marcus Vinicius (baixo) e Neto (bateria). Criado há nove anos, o grupo teve influências de nomes clássicos e lendários do soul brasileiro, como Tim Maia e banda Black Rio. Mas nesse caldeirão de influências teve espaço também para a banda britânica Jamiroquai e Djavan. “O engraçado é que quando começamos, fazíamos covers da banda roqueira norte-americana Rage Against The Machine”, recorda bem-humorado o vocalista Rodrigo. Porém o que fala mais alto mesmo no coração do quinteto são os ritmos swingados de um Max De Castro ou do mestre carioca Cláudio Zoli.

Com um repertório autoral, o mais novo álbum do grupo está repleto de canções prontas para seduzir os fãs de soul e também para estourar nas rádios e na web. Da malemolência conduzida por violões em “Linha de frente”, que abre o disco, passando pelo bucólico swing pop de “Alguém sempre tem razão” e chegando a melodias ao mesmo tempo contagiantes e aveludadas em “Ilha Azul” e “Em cena”.

FONTE: PMG