Aprenda, passo a passo, a pintar (sozinha!) as paredes da sua casa

224

Você pode renovar o visual da sua casa sem dor de cabeça nem gasto com mão de obra: é economia de mais de R$ 100 por parede! Veja, passo a passo, como pintar cada ambiente!

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Botando a mão na massa, ops, na tinta

Fernanda Nogueira, consultora técnica da Lukscolor, ensina o passo a passo fácil. Você vai precisar de:

. Tinta do tipo e da cor escolhidos na quantidade necessária (faça as contas do rendimento)

. Rolo de lã de 23 cm com pelo baixo (5 mm a 12 mm) e antigota para a tinta não escorrer

. Trincha (pincel) de 2 polegadas

. Bandeja para tinta (ou caçamba, que comporta mais tinta)

. Lixa de parede grana 220

. Fita crepe de 50 mm x 50m (grossa)

. Misturador de tinta ou uma ripa quadrada de madeira

. Luvas de borracha

. Papelão, jornais ou lençóis velhos para forrar o chão e os móveis

. Pano de chão ou vassoura de pelo

. Para paredes altas, vale ter escadinha e um extensor de rolo

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Preparação

Vista roupas e sapatos velhos – mancha de tinta não sai! Afaste móveis, tire tudo da parede (quadros, cortinas, espelhos de tomada…) e forre o chão e os móveis (fixe com fita crepe). Passe fita crepe ao redor da área que será pintada (rodapé, roda-teto, batentes, juntas de paredes)

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Preparando o terreno

Lixe toda a parede e, com um pano de chão úmido, retire o pozinho que a lixa soltou (ou passe a vassoura de pelo na parede)

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Proteja

Passe fita crepe ao redor da área que será pintada (rodapé, roda-teto, batentes, juntas de paredes)

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Misturando

Abra a tinta e mexa-a bem com o misturador ou a ripa de madeira

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Siga as instruções

Despeje a tinta na bandeja ou caçamba e dilua em água seguindo as instruções da embalagem (em geral, indicam 0,9 litro de água por galão). Mexa bem

Dica: sobrou tinta? Só guarde se não estiver diluída em água, ok?

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Pintando

Usando a trincha, passe a tinta em todo o entorno da área que será pintada (rente à fita crepe). “Quanto mais larga essa faixa, menos risco de borrar”, explica Fernanda. Não precisa esperar secar!

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Umedeça

Umedeça o rolo com água colocando-o embaixo da torneira e, para tirar o excesso, passe em uma parede que não será pintada até que ele fique quase seco

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Sem dar rolo

Mergulhe o rolo na tinta sem encharcá-lo e tire o excesso na própria bandeja ou caçamba. “Se ficar carregado, ele não vai rolar na parede, mas deslizar. E isso é péssimo”, diz a especialista

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Com técnica e paciência

Comece pelo lado esquerdo superior: passe o rolo de cima para baixo, depois de baixo para cima duas vezes, até completar uma faixa na vertical. Faça o mesmo em toda a largura da parede. Deixe secar por quatro horas

Fique calma! A primeira demão nunca cobre tudo mesmo!

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Segunda camada

Faça de novo o contorno rente à fita crepe com a trincha e passe a segunda demão com o rolo do mesmo modo que a primeira. Se a cobertura ainda não estiver boa, espere secar quatro horas e aplique a terceira demão

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Finalizando

Assim que terminar a última demão e antes que ela seque, retire a fita crepe. Lave o material com água corrente e seque bem antes de guardá-lo para poder usar de novo. Depois que a última demão secar, limpe o chão e ponha tudo no lugar

Via: M de Mulher