Vença a preguiça de treinar no frio

65

Boa companhia, música animada e mais seis truques para manter o condicionamento
O dia começou, o sol já bateu na sua janela, mas você nem ameaça sair da cama. Curtir a preguiça no inverno, no entanto, pode custar caro: se não tomar cuidado, a gordura localizada vai se acumulando e haja boa vontade para tirar o atraso no verão. “Nem que você diminua o ritmo, continue treinando no inverno. O importante é cuidar para que seu corpo mantenha o condicionamento”, afirma o educador físico Marcos Pinheiro, coordenador técnico de atividade física do Centro de Bem-Estar Levitas, de São Paulo. Ele e outros especialistas dão dicas para você vencer a vontade de ficar à toa, no quentinho do cobertor.

Imagem Divulgação

Música

Colocar uma música animada contribui muito para a motivação durante o treino. A dica é pular da cama bem cedo e já ligar o som. “Claro que o gosto musical deve ser respeitado, mas músicas com alta frequência de batimentos por minuto – entre 132 e 140 – são mais animadas e estimulam o corpo a entrar no mesmo ritmo”, afirma Marcel Gandra, diretor técnico da academia Runner, de São Paulo.

Imagem Divulgação

Uma fresta aberta

Dormir num quarto todo fechado e bem escuro é muito bom, mas quando chega o dia, mesmo com o despertador tocando, ele continua convidativo ao sono. Além de te fazer perder a hora do treino, você vai ficar sonolento o dia inteiro. “Deixando uma frestinha da veneziana da janela aberta, a luz do sol vai entrar e estimular o aumento da retina e, consequentemente, o despertar”, afirma Marcel Gandra.

Imagem Divulgação

Descubra qual é o melhor período do dia para você

Algumas pessoas têm mais disposição pela manhã, outras se sentem mais aptas a treinar durante a tarde ou à noite. “O ideal é não forçar uma rotina diferente do que você está acostumado”, orienta o educador físico Marcel. “Algumas pessoas treinam pela manhã e se sentem extremamente dispostas ao longo do dia, outras preferem treinar à noite para desestressar.” Escolha os benefícios que melhor se encaixam às suas necessidades e persista no exercício.

Imagem Divulgação

Direto para a academia

Partir direto do trabalho para a prática da atividade física é uma ótima opção. Assim fica mais fácil cumprir o programa de treinamento, pois cai o risco de dar daquela passadinha em casa e acabar no sofá. Além disso, dessa maneira você encara o treino como mais uma das atividades do dia, e não uma tarefa à parte.

Imagem Divulgação

Aqueça e alongue em casa

No frio, os músculos tendem a ficar mais encurtados e tensos. “Fazer um bom aquecimento e um alongamento caprichado não apenas aumenta a temperatura corporal – o que por si só já manda embora a preguiça – como evita a tensão muscular”, afirma Marcos Pinheiro. Tudo isso garante também um melhor desempenho durante a atividade física. Mas lembre-se que eles devem ser feitos logo antes do exercício. Então, se você levar um tempo até chegar ao local de treino, faça-os novamente imediatamente antes de começar o exercício.

Imagem Divulgação

Treine em grupo

“O compromisso com um amigo ou um parente é um dos principais fatores de motivação à pratica de atividade física”, afirma Marcel Gandra. O companheirismo faz com que as pessoas não desistam da prática por qualquer motivo, como o frio. Além disso, a atividade em dupla ou grupo reforçam os laços de amizade e a troca de experiências. Mas lembre-se de sempre obedecer ao seu ritmo, seja ele maior ou menor que o do seu companheiro de exercício.

Imagem Divulgação

Exercícios em casa

“A melhor atividade é sempre a supervisionada, mas treinar em casa também rende exercícios como alongamentos, ginástica localizada e até algumas atividades aeróbias como pular corda ou utilizar equipamentos ergométricos como bicicleta e esteira”, afirma a Marcel Gandra. Hoje em dia existem até jogos de videogame que estimulam o exercício, que valem como alternativa quando estiver muito frio.

Imagem Divulgação

Treine com prazer

É muito importante sempre relacionar a atividade física ao prazer. Fazer um exercício só para emagrecer ou fortalecer os músculos, sem gostar de nada, é atalho para desistir rapidinho. Procure outras modalidades que combinem boa forma e diversão. Marcos Pinheiro recomenda aulas de dança como boa estratégia para que você se mantenha ativo.

Via: Minha Vida