Presidiários serão vacinados contra o sarampo

35
Google Imagens

Cerca de quatro mil presidiários deverão ser vacinados contra o sarampo na cidade. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde, que deslocará uma equipe composta por uma enfermeira e seis auxiliares de enfermagem, para imunizar os detentos do Centro de Detenção Provisória – CDP 2, nesta quarta-feira (5) e os do CDP 1, na quinta-feira (6).

O objetivo é intensificar a vacinação contra a doença no município, uma vez que após três anos sem nenhum registro confirmado de sarampo no Brasil, desde julho passado ocorreram cerca de 60 casos no país, sendo a maioria concentrada na Paraíba e os demais no Pará e no Rio Grande do Sul.

As doses da chamada tríplice viral, que protege contra o sarampo, a rubéola e a caxumba, devem ser tomadas por todas as crianças a partir dos 12 meses de idade e adultos até 50 anos. Para atualizar o esquema vacinal, a pessoa pode procurar a  Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua residência.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível e extremamente contagiosa, muito comum na infância, que pode ser acompanhada de complicações sérias, principalmente em crianças menores de 5 anos, adultos maiores de 20 anos ou pessoas com algum grau de imunodepressão.

FONTE: PMG