O atleta guarulhense Emerson ocupa o 1º lugar no ranking mundial dos 10 km

512

Emerson de Macedo, ou simplesmente Emerson, como o conhecemos nas corridas de rua. Iniciou-se no esporte incentivado pelos amigos da ROTA,  onde trabalhava, disputando os Jogos Operários do SESI. Tempos depois, a própria ROTA patrocinou os seus treinamentos na equipe de atletismo do São Paulo FC, sob os cuidados do professor Carlos Ventura, o mesmo treinador do campeão José João da Silva, vencedor da Corrida Internacional de São Silvestre.

Emerson , ao longo dos seus 20 anos de carreira, coleciona resultados expressivos em corridas de rua nas distâncias de 5, 10, 12 e 15 km. Sempre entre os melhores na Corrida Internacional de São Silvestre, representou o Brasil em eventos acontecidos em 16 países, em especial no Campeonato Mundial de Cross Contry. A sua melhor marca nos 10 km aconteceu na tradicional Corrida de San Fernando, em 1991, no Uruguai, quando assinalou 28:45, tempo suficiente para colocá-lo entre os maiores atletas do mundo. Disputou a meia-maratona de Tóquio, finalizando em 1h03:43, e nas provas disputadas no Brasil chega sempre entre os primeiros, vencendo muitas delas.

O destaque interessante para nós, simples mortais e guarulhenses, é que o atleta à beira dos 40 anos, profissional ao extremo, ocupando o primeiro lugar no ranking mundial dos 10 km na sua faixa etária, dispensa os treinamentos dos grandes centros esportivos paulistanos, a pista de luxo do Constâncio Vaz Guimarães por exemplo. Emerson de Macedo treina numa pista de grama improvisada próximo ao aeroporto de Cumbica. O mesmo local onde outros atletas que moram em Guarulhos treinam sempre. Os especialistas diriam “Que lugar poluído para um atleta treinar”! Eu diria:
– Quem ama o que faz, produz trabalho em qualquer lugar, em qualquer espaço. Ou ainda: Os caminhos da vitória estão demarcados no cérebro e no coração do vencedor.

Fonte: Folhetinho

Confira as fotos:

Atleta Emerson de Macedo
Atleta Emerson 3º Colocado