Guarulhense consegue feito inédito no boxe

65

David Lourenço foi campeão mundial juvenil de boxe ao vencer o torneio realizado em Baku, Azerbaijão

UOL Esportes

Com 18 anos de idade, David Lourenço chegou apenas à sétima série, fruto de sua aposta na carreira esportiva, incentivada pelo pai e professor de boxe Ailton. Preocupado, pensou em largar as luvas e arranjar um emprego, em busca de um futuro mais garantido. Mas no distante Azerbaijão e com as cinzas de um vulcão e seis adversários pelo caminho, ele venceu o que era um ultimato: o juvenil faturou o primeiro ouro brasileiro em mundiais na história do pugilismo nacional e confirmou sua escolha, mantendo o sonho no boxe.

O paulista de Guarulhos conseguiu um feito inédito, uma vez que mesmo com quatro campeões mundiais no profissional, nunca um brasileiro havia faturado um ouro em mundiais, mesmo na categoria adulta. O resultado veio no último dia 10, quando ele venceu seu sexto rival na cidade de Baku e subiu ao degrau mais alto do pódio.

Algumas semanas antes, no entanto, o hoje campeão mundial na categoria até 69 kg pediu ao pai para parar e, mirando ganhar mais do que seus R$ 475 mensais em ajuda de custo, chegou a cumprir por um mês o trabalho de segurança em uma concessionária de veículos antes de aceitar a oportunidade de lutar o Mundial e mudar seu futuro. Continue lendo…

FONTE: UOL Esportes