Polícia Federal retoma concurso para 600 vagas

96
Imagem Divulgação

O concurso para preencher 600 vagas de escrivão, perito criminal e delegado na Polícia Federal (PF) – que está suspenso desde 2012 – será retomado, segundo nota publicada no site do próprio órgão.

O processo seletivo estava suspenso por decisão do Supremo Tribunal Federal. De acordo com o comunicado, o Supremo determinou a inclusão de reserva de vagas para pessoas com deficiência e que estes candidatos sejam submetidos a todos os testes, avaliações e exames em igualdade de condições com os demais concorrentes.

Os editais deverão ser publicados até o dia 30 de abril e as provas objetivas e discursivas estão previstas para o mês de julho.

Quem não havia participado das inscrições terá nova oportunidade, já que o prazo será reaberto. Quem já está inscrito poderá continuar na seleção ou solicitar a devolução do valor da taxa. Também é possível alterar o local de prova, conforme as opções do edital, e mudar a inscrição para concorrer como pessoa com deficiência, desde que atenda às exigências previamente estabelecidas.

Sobre o edital publicado anteriormente – São 150 ofertas de delegado, 350 de escrivão e 100 de perito criminal. Para estarem aptos a disputarem as vagas, os candidatos precisam ter nível superior em diversas áreas (escrivão e perito criminal) e em direito (delegado).

A avaliação dos candidatos engloba prova objetiva; aptidão física; exame médico; avaliação psicológica; avaliação de títulos (delegado e perito); prova prática de digitação (escrivão); e prova oral (delegado) em todas as capitais e no Distrito Federal, excetuando-se a prova oral para delegado, que será aplicada somente em Brasília (DF).

As remunerações são de R$ 7.514,33 para escrivão e de R$ 13.368,68 para delegados e peritos. Todas as profissões exigem dedicação de 40 horas por semana.

Via: Emprego Rápido