Adolescentes de Guarulhos criam farol que treme para ajudar cegos

62

A vibração do poste é o sinal para que a pessoa atravesse a rua.

Alunos de um curso de robótica de Guarulhos, na grande São Paulo, criaram um semáforo que “treme” para ajudar os cegos a atravessar a rua. O protótipo foi apresentado durante a Campus Party, espécie de acampamento nerd.

Imagem Divulgação

O aparelho é uma caixa de madeira com lâmpadas coloridas como em um semáforo de verdade. Ele fica no mesmo lugar de um farol comum, mas tem um sensor que transmite uma vibração a um motor que fica no poste. O deficiente visual precisa apenas tocar no poste e esperar que ele vibre, o que significa que o semáforo para os carros passou do amarelo para o vermelho. A pessoa pode, então, ter a certeza de que esse é o momento certo para atravessar a rua.

Felipe Mascarenhas, um dos alunos que desenvolveu sistema, conta que a equipe usou materiais simples. “Não sei nem calcular quanto gastamos porque a maioria dos materiais a gente já tinha na escola, como fios e madeira. Demoramos de três a quatro semanas no desenvolvimento, para que desse tempo de mostrar na Campus Party. Depois daqui, vamos tentar conversar com a prefeitura de Guarulhos, para ver se eles se interessam pelo projeto.

FONTE: Portal ENIAC