Adamastor recebe 2ª Mostra do Teatro do Oprimido na Saúde Mental

46
Foto:Sidnei Barros/PMG

Acontece nesta quarta e quinta-feira , dias 14 e 15, no palco do Teatro Adamastor (Macedo), a 2ª Mostra Teatro do Oprimido na Saúde Mental – Encontros e Práticas em Guarulhos. O evento, que será realizado das 14 às 18 horas, vai reunir multiplicadores da metodologia criada pelo teatrólogo Augusto Boal e pacientes da rede municipal de Saúde, que estarão no papel de protagonistas dos espetáculos.

Duas novidades estão programadas para a 2ª Mostra: o lançamento do livro póstumo do teatrólogo e ensaísta Augusto Boal, “A Estética do Oprimido”, considerado o testamento artístico do autor; e a sessão solene do Teatro Legislativo.

A inovação desse tipo de espetáculo será a interação ainda maior com a platéia. Ou seja, a partir das intervenções do público, que é convidado para subir ao palco, trocar de lugar com o protagonista e mudar o final da história, as pessoas ainda poderão sugerir propostas de lei ou políticas públicas que tragam alternativas ao problema apresentado.

Isso porque as peças do Teatro do Oprimido retratam episódios da vida real de pessoas e suas relações de conflito com a sociedade. Durante a mostra, a cena que será escolhida para uma demonstração do Teatro Legislativo é a “Dança do Casamento”, que conta a história real de uma mulher que é vítima de violência doméstica e quando resolve se separar do marido e procura ajuda legal, encontra um sistema despreparado.

Com o apoio de um assessor legislativo e de especialistas no tema, serão selecionadas duas propostas para serem debatidas e votadas. As aprovadas serão encaminhadas ao Poder Legislativo ou às autoridades competentes. De acordo com informações do CTO-Rio (Centro do Teatro do Oprimido), por meio dessa nova técnica, já foram criadas 13 Leis Municipais na cidade do Rio de Janeiro, duas Leis Estaduais nesse estado, além de tramitar atualmente outros dois Projetos de Lei no Congresso Nacional.

A Mostra integra o Projeto Teatro do Oprimido na Saúde Mental, que é patrocinado pelo Ministério da Saúde e tem por objetivo a capacitação e acompanhamento de profissionais da saúde de São Paulo, Rio de Janeiro e Sergipe, nas técnicas de Boal, levando a transformações políticas e uma relação mais humana entre os pacientes, seus familiares e estes profissionais. Além dos espetáculos teatrais, o evento contará com apresentação musical, exposição de fotos, além de jogos coordenados com a criação de obras de arte.

FONTE: Prefeitura de Guarulhos