Teatro a Bordo chega a Guarulhos com apresentações no São João

22
foto: Divulgação

A praça Orobó, no Jardim São João, recebe na próxima quinta e sexta-feira, dias 13 e 14, a partir das 14 horas, o Circuito EDP Teatro a Bordo. O projeto leva oficina, teatro para crianças e adultos, contação de história, roda de cantoria e cinema para diferentes cidades do Estado de São Paulo. E, o melhor, tudo de graça.

A iniciativa conta com patrocínio da empresa de energia EDP, co-patrocínio da EDP Bandeirantes, apoio do Ministério da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura e apoio local da Secretaria de Cultura.

No dia 13, as atividades começam a partir das 14 horas, com a oficina “Recicla Mundo”, oportunidade em que os participantes vão confeccionar brinquedos e instrumentos musicais com sucatas e material reciclável. Às 15 horas, haverá apresentação de “A Centopéia Judite”. Adaptado e filmado para o programa Teatro Ra Tim Bum , da TV Cultura, o espetáculo infantil conta a história de uma centopeia que sonha em crescer e ajudar os duendes a salvarem a floresta das queimadas e da destruição.

foto: Divulgação

Às 16 horas, será a vez da contação de histórias, com utilização de bonecos, contos e músicas, os atores vão encenar “A Menina Nuvem” e “O Colecionador de Histórias”. Às 19 horas, haverá uma roda de cantoria, com o músico Jorge Lampa e o público. E, para encerrar, às 20 horas será exibido um repertório de cenas clássicas de Shakespeare e personagens como Julieta, Macbeth, o fantasma de Hamlet e outros. A interpretação ficará por conta do trabalho de dois brilhantes palhaços.

No dia 14, às 14 horas, haverá oficina de reciclagem. Às 15 horas, será apresentada a peça “A Água que Fugiu do Lago”, o espetáculo interativo envolve atores e público para contar a história de um lago que está ameaçado pela sujeira. Às 19 horas, serão exibidos curtas-metragens. E para finalizar o projeto, às 20 horas, entram em cena os atores do grupo de Teatro a Bordo com a peça “Mais Quero Asno que me Carregue que Cavalo que me Derrube”. Baseado em “A Farsa de Inês Pereira”, de Gil Vicente, o espetáculo é uma homenagem a Carlos Alberto Soffredini e à tradição dos antigos saltimbancos.

Conheça um pouco o projeto
O projeto Teatro a Bordo foi criado em 2007 na Baixada Santista pela atriz Talita Berthi. A missão é levar a diversidade cultural para as regiões mais distantes e carentes. Para conseguir atingir esse objetivo, nasceu um teatro móvel, com um contêiner adaptado como palco. O projeto já beneficiou entre 2008 e 2009 cerca de 40 cidades brasileiras e mais de 250 mil pessoas.

FONTEPrefeitura de Guarulhos