Confira as exposições da cidade para o começo de junho

68
Adamastor Centro
Imagem Divulgação

Guarulhos recebe no início do mês de junho novas exposições em quatro locais diferentes da cidade. Todas terão entrada gratuita.

O Centro Permanente de Exposições de Arte “Prof. José Ismael” (Praça Cícero Miranda, s/n°, Lago dos Patos) apresenta de 1° a 5 de junho a mostra “Genealógico”, de Carolina Cunha. A artista faz um diálogo com o feminino e busca através de registros fotográficos a expressividade do corpo nas mulheres da família.  A exposição acontece das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

Até 12 de junho o Centro Municipal de Educação Adamastor (veja o endereço) exibe o trabalho de Eduarda Hernadez, “Uma imagem para cada dia”. Ao investigar as transformações climáticas, como a passagem do tempo, a artista explora as características visuais destes fenômenos através da rotina de registros fotográficos. A artista foi uma das contempladas no 10° Salão de Artes Visuais de Guarulhos, ganhando o 1° lugar pelo júri técnico. A mostra acontece diariamente das 9 às 22 horas.

“Raízes Orientais” é nome da exposição que fica de 1° a 30 de junho na Biblioteca do CEU Ponte Alta (veja o endereço). Neto de japoneses, Rikinhu Okuma tem história pra contar. Desenhista autodidata, desde muito cedo se interessou pelo lápis e papéis. Em 2005, levado por seu sangue de samurai vai ao Japão banhar-se na sua cultura ancestral. Ao retornar, sua arte está impregnada de figuras do imaginário oriental. Samurais, xoguns, mangás e criaturas de olhos amendoados passam a compor sua arte provocando encantamento por sua beleza e plasticidade. As obras podem ser vistas de segunda a sexta, das 8:30 às 17 horas, exceto feriados.

Entre 4 e 25 de junho é a vez da Biblioteca Monteiro Lobato (veja o endereço) expor o trabalho de Luiz Gonzaga Coura Cenachi. “Natureza – Fragmentos e Memórias”. O artista residente em Belo Horizonte (MG), bacharel em Artes Plásticas pela Escola Guignard, traz suas impressões da natureza, através de pinturas, resultado da sua intuição e memória afetiva. A exposição pode ser conferida de segunda a sexta, das 9 às 18 horas, e sábados, das 9 às 14 horas, exceto feriados.

Fonte: Prefeitura de Guarulhos