Artista usa técnica para criar obras de arte com cera de abelha

82

Federico Guerreros aprendeu técnica do século V a.C. usada nas civilizações mediterrâneas. Cera de abelha é derretida e espalhada sobre fotografias

Imagem Divulgação

O Espaço Cultural Infraero, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, é palco da exposição “Departure”, do artista plástico uruguaio Federico Guerreros. Criado em São Paulo, Federico foi discípulo do paraense Osmar Pinheiro, com quem aprendeu a técnica da encáustica, presente na exposição.

A encáustica é uma técnica de em que fragmentos ampliados de fotografias recentes ou antigas são recobertos de cera de abelha pigmentada para compor as telas. É uma técnica milenar de pintura, praticada pelas civilizações mediterrâneas desde o século V a.C.

Entre as 10 obras escolhidas para a exposição “Departure” há imagens com cenas do cotidiano, como chuva, um concerto e referências pop. Nelas, sobressai o traço de nostalgia que dá identidade visual às obras do artista.

Informações:
“Departure”, de Federico Guerreros.

  • Data: de 26 de setembro a 26 de outubro de 2011
  • Horário: Segunda a sexta- feira, das 8h às 17h
  • Local: Espaço Cultural Infraero – Aeroporto Internacional de Guarulhos, Av. Jamil João Zarif – (acesso pela via Dutra e Rodovia Ayrton Senna da Silva, Km 30).
  • Valores: Gratuito

Fonte: ÉpocaSP