A magia do espetáculo A Bela e a Fera toma conta da cidade

76
Imagem meramente ilustrativa.

Em cartaz desde 2007, a superprodução A Bela e a Fera, que já encantou mais de 2 milhões de pessoas em várias cidades do país e outras tantas na Espanha, Argentina, Chile e Peru, chega agora a Guarulhos.

As exibições acontecem nos dias 1º e 2 de maio, às 16 horas. Os ingressos custam R$ 80 (inteira), R$ 60 (promocional) e R$ 40 (meia), e já estão à venda na bilheteria do local, das 14 às 19 horas. O espetáculo tem apoio da Secretaria de Cultura, duração de 100 minutos e indicação livre.

A Bela e a Fera conta com 200 profissionais, entre eles 22 atores que interpretam 40 personagens. São 180 figurinos, quatro cenários principais e dez toneladas de equipamentos, com muita pirotecnia e efeitos especiais e de iluminação. O espetáculo tem ainda recursos de gelo seco e telões em 3D.

Os diálogos e a trilha sonora da peça foram adaptados pelo músico e diretor Billy Bond. A Bela e a Fera é a terceira produção do Ciclo de Grandes Clássicos da Literatura. O projeto iniciado em 2005 já produziu O Mágico de Oz, visto por mais de 1,8 milhão espectadores em toda a América Latina, e Pinocchio – O Musical, que estreou em 2006 e já foi assistido por mais de 900 mil pessoas no país.

O musical é baseado na obra de Jeanne Marie Leprince, que de 1750 a 1780 escreveu quatro volumes de contos, sendo o mais conhecido Lê Magasin dês enfants, que contém A Bela e a Fera. O musical também teve como referência o filme de Jean Cocteau e as inúmeras montagens na Broadway e no mundo.

Sinopse

Em uma pequena aldeia vive Bela e seu pai Marcel, um ex-comerciante que perdeu toda sua fortuna e se transformou em um inventor que é visto por todos como um louco. Bela é cortejada por Gastón, um desastrado galã que ameaça Marcel. A moça se vê obrigada a fugir, acaba se perdendo num bosque e com medo procura abrigo em um castelo, tornando-se prisioneira da Fera.

Serviço: